O que você precisa saber para comprar o seu motor?

Basicamente existem 3 tipos de portão que se diferenciam pelo movimento que executam. São eles:

  • Portões Basculantes
  • Portões Deslizantes
  • Portões Pivotantes

De forma simples, o modelo basculante é o que se movimenta para cima, o deslizante seria o modelo de “correr” para as laterais e o pivotante é aquele que abre no ângulo de 90º horizontalmente.

Confira abaixo algumas imagens dos tipos de movimento para que fique mais fácil a identificação.

 

1 – VELOCIDADE

Como referência, um automatizador convencional abre em cerca de 16 segundos (dependendo do tamanho, peso e tipo de movimento) enquanto existem modelos intermediários que abrem em 8 segundos e modelos ultrarrápidos que abrem em 3,5 segundos. (veja abaixo o infográfico das velocidades)

2- PESO DO PORTÃO

Varia muito a estrutura de fabricação do portão. Os portões de residencia em media são de 300 quilos, variando de tamanho e material.

Portões para empresa geralmente são maiores e mais pesados.

Se uma pessoa de 45 quilos consegue empurrar o seu portão, ele se enquadra em um portão até 400 quilos.

3- QUANTIDADE DE “CICLOS” DE ABERTURA

O ciclo completo é a soma de uma abertura e um fechamento do portão.

A maioria de nós abre e fecha o portão poucas vezes no dia, tendo um número de ciclos mínimo por hora. No entanto existem situações em empresas e condomínios por exemplo que podem ter movimento intenso em alguns horários ou mesmo durante todo o dia.

Para isso, existem modelos que podem executar de 30 até acima de 120 ciclos, funcionando quase sem parar.

4- LOCAL DE APLICAÇÃO

Ainda relacionado aos ciclos, é importante saber onde será aplicado e as particularidades de uso no local para ter o modelo correto para aquela situação.

Alguns dos locais mais aplicados são residências, empresas, condomínios e indústrias.

 

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

WhatsApp chat